4 vantagens estratégicas que só microempresas têm

Em um mercado cheio de grandes redes e restaurantes com estruturas robustas, ser um profissional autônomo, ter microempresas ou ser microempreendedor individual pode parecer desafiador – e até mesmo assustador.

Contudo, assim como na história da luta entre David e o gigante Golias, ser pequeno não precisa necessariamente ser sinônimo de derrota. Aliás, seu tamanho pode inclusive ser um grande diferencial!

Acredite: justamente por ter uma operação menor você tem muitas vantagens em relação a empresas de maior porte no segmento de food service.

Duvida?

A seguir, listamos quatro grandes vantagens estratégicas das microempresas de alimentação. Leia e entenda como usar esses diferenciais a seu favor!

Vantagem #1 das microempresas de alimentação:
Maior flexibilidade para inovar e mudar

Microempresas e suas vantagens estratégicas

Em empresas que possuem uma estrutura gigantesca, cada mínima mudança ou ideia precisa ser pensada, analisada e testada cuidadosamente, aos poucos, envolvendo diversas áreas e profissionais. Isso, por sua vez, demanda muito tempo – e, consequentemente, pode gerar desgastes, custos elevados e assim por diante.

Nas microempresas isso não acontece!

Por ter uma operação pequena, testar novas ideias e avaliar os resultados é mais fácil. Além disso, como as mudanças acontecem em menor escala, há menos riscos.

Por exemplo:

Se um profissional de uma grande corporação tem uma ideia de melhoria de processo, uma série de ações e passos burocráticos precisam acontecer para que essa ideia possa ser testada. O caminho é mais ou menos este: o profissional apresenta a ideia ao seu líder; o líder verifica com os gestores; os gestores analisam… E isso é só o começo.

Já em uma microempresa, qualquer ideia pode ser testada imediatamente, e os resultados podem ser avaliados rapidamente. 

Por que isso é importante?

O mercado e os consumidores estão em constante transformação. Por isso, ter agilidade para mudar e testar inovações é crucial para se manter relevante e competitivo.

Leia também!

Food service: as principais tendências do setor em 2020

Na prática!

Tem uma ideia para inovar seu produto, melhorar processos ou o atendimento oferecido aos seus clientes?

Teste hoje mesmo!

Analisando o feedback dos clientes e os resultados, em poucos dias você conseguirá verificar se essa mudança trouxe resultados positivos ou não.

Vantagem #2 das microempresas de alimentação:
Relacionamento mais próximo com os clientes

Microempresas – vantagens estratégicas

Outra vantagem importante das microempresas de alimentação é que, como possuem poucos clientes, elas podem conhecer muito melhor seus consumidores.

Em grandes organizações, muitas vezes os clientes se tornam apenas mais um número na base de compradores. Como resultado, a comunicação é distante, as ofertas não são personalizadas e a empresa não consegue identificar necessidades específicas.

Tudo isso é muito diferente em micronegócios!

Podemos apostar, por exemplo, que você sabe de cabeça o nome de muitos de seus clientes. Além disso, também deve saber de cor a preferência dos mais fiéis. E talvez até conheça detalhes pessoais de alguns frequentadores assíduos do seu estabelecimento – como profissão, hobbies, quem são os membros da famílias etc.

Pois é, essa é a grande vantagem de se ter uma base de clientes pequena: você pode conhecer, de verdade, quem está sempre por aí! 

Por que isso é importante?

Em um estudo internacional, 9 em cada 10 consumidores afirmaram que estão mais dispostos a comprar de varejistas que fazem recomendações relevantes de acordo com o seu perfil.

O que acontece é o seguinte: com tantas opções de onde comprar – não só pessoalmente, como na internet –, os consumidores darão cada vez mais preferência às empresas que os conhecem. 

Na prática!

Chame seus clientes pelo nome e valorize o que você já sabe sobre eles. Você pode, por exemplo, falar o seguinte:

Olá, Maria. Tudo bem? Vai querer os sabores de sempre hoje?

Além disso, aqui vão outras dicas interessantes nesse sentido:

– Parabenize o cliente no dia do aniversário dele;
– Pergunte sobre a família;
– Faça recomendações de pratos e bebidas complementares aos que ele sempre pede.

Leia também!

Experiência do cliente em food service: tudo o que você precisa saber

Vantagem #3 das microempresas de alimentação:
Agilidade para corrigir erros e atender novas demandas

Blog do Roldão – Conteúdo para transformadores e revendedores

 

Por falar em relacionamento próximo com os clientes, outro benefício importante que isso traz para os profissionais autônomos ou microempreendedores do setor de alimentação é a facilidade de se adaptar às demandas dos clientes.

Por exemplo:

Se um cliente faz uma reclamação hoje sobre seu produto ou sobre os seus processos, você pode agir imediatamente para resolvê-lo e, amanhã, ele já notará as mudanças.

Um consumidor fez uma sugestão de novo sabor ou de melhoria no atendimento? Na mesma hora você pode agradecê-lo e falar sobre a possibilidade de colocar aquilo em prática.

Ou seja, como não há intermediários na comunicação entre seus clientes e sua empresa, feedbacks, reclamações e sugestões podem ser atendidos e respondidos muito mais agilmente.

Já em empresas de grande porte, o cliente precisa falar com um funcionário que, muitas vezes, não tem liberdade para afirmar se tal mudança será realizada ou o que será feito em relação à reclamação dele. Afinal, há uma série de canais e intermediários no processo que tornam a resposta mais lenta. 

Por que isso é importante?

Uma pesquisa nacional revelou que as principais frustrações dos consumidores brasileiros em relação ao Serviço de Atendimento ao Consumidor (SAC) são:

– Ter que entrar em contato com o SAC mais de uma vez para resolver um problema;
– Ser atendido por um profissional que não consegue ou não pode resolver o problema;
– Precisar fazer muito esforço para conseguir resolver um problema no SAC.

Como comentamos anteriormente, pelo relacionamento com os clientes ser mais próximo, esses problemas podem ser facilmente evitados (ou rapidamente corrigidos) em micronegócios.

Levando em consideração que 92% dos consumidores entrevistados disseram que a forma como são atendidos pesa muito na decisão de compra, essa é uma vantagem importante das microempresas. Concorda? 

Na prática!

Aproveite a proximidade com seus consumidores para alinhar suas operações às preferências deles. Sempre peça a opinião dos clientes sobre os produtos e pergunte se eles têm sugestões de novos sabores ou mesmo de melhorias no atendimento e nos processos.

Ter esse posicionamento proativo, além de fazer o cliente se sentir importante, vai:

– Ajudá-lo resolver problemas antes que se tornem reclamações;
– Evitar que um cliente insatisfeito fique em silêncio e acabe deixando de frequentar seu estabelecimento.

Vantagem #4 das microempresas de alimentação:
Especialização de mercado

 

Profissionais autônomos ou microempreendedores que iniciam negócios no ramo de alimentação geralmente atuam em uma área pela qual são apaixonados. Ou seja, eles naturalmente gostam tanto de cozinhar e são especialistas em fazer os pratos e lanches que vendem, que decidiram empreender nessa área!

Você se identifica com esse perfil?

Saiba que essa paixão e esse conhecimento se refletem diretamente no relacionamento com os clientes. Além disso, isso se traduz em uma vantagem competitiva muito importante.

Por exemplo:

Ao invés de comprar na rede de fast food que faz pratos genéricos, muitos consumidores irão preferir comprar do carrinho de hambúrguer do bairro. Afinal, além de ter um preço melhor, o hamburgueiro é conhecido e o lanche tem muito mais sabor e personalidade

Da mesma forma, o bolo feito pela confeiteira de casa tem um sabor muito mais familiar e “aconchegante” justamente porque foi feito por alguém que está 100% dedicada ao seu dom. 

Por que isso é importante?

Os consumidores estão mais atentos a questões como ingredientes utilizados nos alimentos e ética dos processos de produção. Por isso, os negócios do setor de food service precisam ser cada vez mais transparentes sobre suas operações. 

As microempresas de alimentação têm mais essa vantagem: os consumidores conhecem o empresário responsável e podem ter acesso direto a todas as informações que precisam sobre o alimento que estão consumindo.

Na prática!

Destaque em sua comunicação o fato de que sua produção é artesanal e feita com ingredientes de qualidade e de boa procedência. Para isso, você pode, por exemplo, reforçar que o Roldão é seu parceiro no fornecimento de alimentos. Ao saber que seus insumos vêm de uma empresa com duas décadas de credibilidade, você despertará o senso de confiança em seus clientes.

Além disso, se possível, inclua um breve perfil seu em seu cardápio. Nele, conte um pouco sobre sua história e sobre sua paixão pelo seu ofício. Esses detalhes darão mais personalidade e credibilidade ao seu negócio.

Então, convencido de que ter uma microempresa de alimentação pode ser vantajoso em termos de relacionamento com o cliente e agilidade para inovar?

Agora que você já entendeu melhor os benefícios estratégicos de ser um profissional autônomo ou MEI, precisa usá-los a favor do seu negócio!

Coloque as dicas deste artigo em prática e fortaleça seu negócio.

Ficou com alguma dúvida em relação a esse tema? Gostaria de destacar outra vantagem das microempresas? Deixe um comentário com sua opinião ou pergunta. Nossas trocas fortalecem a nossa relação e permitem que a gente produza conteúdos cada vez mais alinhados às suas necessidades. 

Sucesso e até mais!

Compartilhe:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

VEJA TAMBÉM

Cadastre-se e receba conteúdo exclusivo para você, sua casa ou seu negócio.

linkedin facebook pinterest youtube rss twitter instagram facebook-blank rss-blank linkedin-blank pinterest youtube twitter instagram