Food service: as principais tendências do setor em 2020

Conhecer o mercado a fundo; entender as necessidades e preferências dos clientes; adaptar seu negócio às mudanças no processo de compra e no comportamento dos consumidores. Estes são alguns dos “segredos” dos empreendedores de sucesso no mercado de food service.

Porém, na correria do dia a dia, pode ser difícil se informar sobre as tendências e novidades que acontecem no seu setor e agir levando isso em conta.

Mas, acredite: seja você dono de um varejo de alimentação ou microempreendedor, essa é uma questão fundamental para se manter competitivo e relevante no mercado no longo prazo!

Sabendo da importância dessa atualização e pensando em ajudá-lo nesse sentido, apresentamos a seguir algumas das principais tendências na área de food service em 2020.

Leia este artigo e:

→ Saiba quais são os fatores que guiarão a decisão de compra dos seus clientes na hora de se alimentar fora de casa este ano.
→ Confira dicas sobre como se preparar e acompanhar essas mudanças e novas demandas.

Preparado? Então, vamos lá!

Tendência #1 no setor de food service em 2020:
Crescimento na busca por opções saudáveis e naturais

Crescimento na busca por opções saudáveis e naturais

Uma pesquisa global feita pela Euromonitor revelou que cada vez mais as pessoas estão buscando produtos com ingredientes saudáveis.

Inclusive, a demanda elevada dos clientes se reflete no crescimento do mercado de alimentos e bebidas saudáveis no Brasil. A previsão é que até 2023 o mercado brasileiro de alimentos e bebidas orgânicos – que vem crescendo acima da média mundial nos últimos anos – cresça a uma taxa média anual de 9% em faturamento.

Outro levantamento internacional indica que se um alimento é descrito como “natural”, há mais chances de os consumidores que estão buscando uma alimentação mais saudável optarem por ele. Isso porque as pessoas associam esse termo a comidas mais benéficas para a saúde e também para o meio ambiente.

O estudo revela ainda que as principais tendências de alimentação saudável são:

– Alimentos orgânicos;
– Dietas veganas e vegetarianas;
– Comidas feitas com ingredientes locais;
– Refeições vitaminadas;
– Opções sem açúcar.

Ideias e dicas para acompanhar essa tendência

➔ Uma forma de atender a demanda dos consumidores por opções mais saudáveis é criando um menu especial nesse sentido. Nele, você pode, por exemplo, incluir algumas opções veganas, oferecer sobremesas que não usam açúcar branco e assim por diante.

➔ Porém, antes de desenvolver novas receitas, analise o que você já faz atualmente e identifique o que poderia ser destacado como uma opção mais saudável. Talvez o queijo que você usa venha de um produtor local (da cidade ou do estado); ou pode ser que você já tenha um bolo sem glúten no seu cardápio; e ainda sua pizza sem queijo também pode ser um atrativo e tanto.

Cabe a você, portanto, divulgar melhor esses diferenciais – seja destacando-os no cardápio, falando sobre eles nas redes sociais, treinando sua equipe para apresentar melhor esses itens aos clientes etc.

➔ Outra ideia interessante é criar uma campanha para promover as opções saudáveis do seu menu. Você pode, por exemplo, fazer a segunda do hambúrguer vegetariano (aderindo ao movimento segunda sem carne)? Também pode ser interessante promover o mês vegetariano, para lançar um novo menu de opções de pratos feitos só com vegetais. Que tal?

Tendência #2 no setor de food service em 2020:
Lixo zero e diminuição no uso de plásticos descartáveis

Lixo zero e diminuição no uso de plásticos descartáveis

Além das opções do menu, na hora de se alimentar fora de casa os consumidores estão atentos às operações do estabelecimento.

Uma das tendências em alta nesse sentido é o movimento “lixo zero”, que prega que devemos evitar ao máximo gerar lixo desnecessário.

Assim, por exemplo, os adeptos a esse estilo de vida acreditam que não se deve jogar cascas de frutas e vegetais fora se você pode utilizá-las para adubo ou em compostagem.

Nessa mesma onda de evitar o acúmulo de lixo, vem outra tendência importante: a do “plástico zero”.

Você sabia que mais da metade dos consumidores entrevistados pelos pesquisadores de um estudo global disseram que planejam comprar e usar menos plásticos este ano?

Nesse sentido, evitar consumir produtos com plásticos descartáveis (que são utilizados só uma vez e depois são jogados fora) está entre as prioridades desse público.

Uma prova de que essa é uma questão importante também aqui no Brasil é que recentemente o governo de São Paulo proibiu o uso de plásticos em estabelecimentos comerciais. Apesar de ser uma decisão polêmica, ela mostra que essa é uma preocupação real e que, portanto, merece pelo menos nossa atenção e reflexão.

Ideias e dicas para acompanhar essa tendência

➔ Se você já desenvolve ações sustentáveis nas suas operações, comunique-as aos seus clientes. Por exemplo: ao saber que você separa o lixo para reciclagem, o consumidor mais ambientalmente consciente vai valorizar seu estabelecimento e, possivelmente, vai preferir comer aí do que em lugares que não se preocupam com essa questão.

➔ Que tal substituir talheres e copos plásticos por utensílios reutilizáveis?

➔ Outra ideia bacana é incentivar o cliente a utilizar seus próprios utensílios. Você pode até fazer parceria com empresas que vendem canudos, pratos e copos portáteis e reutilizáveis para revender esses itens no seu estabelecimento.

Tendência #3 no setor de food service em 2020:
Consumidores exigirão cada vez mais conveniência

Consumidores exigirão cada vez mais conveniência – tendências do food service 2020

Acredite se quiser: um terço da população global utiliza regularmente serviços de delivery de comida – sendo que 7% faz isso semanalmente! Não dá para ignorar esses números, não é mesmo?

Além disso, cada vez mais pessoas estão substituindo refeições por snacks. Atualmente, 52% da população faz lanches rápidos no café da manhã; 42% no almoço; e 40% no jantar.

O que isso mostra? Que a busca por rapidez e conveniência na hora de se alimentar já é uma realidade. Portanto, os estabelecimentos que se preocuparem com isso tendem a se destacar.

Inclusive, o relatório Brasil Food Trends 2020 indica que “Conveniência e praticidade” estão entre as principais tendências na área de alimentação para este ano.

Segundo o levantamento, na hora de escolher onde comer fora de casa este ano, o consumidor irá determinar se o local é conveniente analisando os seguintes fatores:

– Acesso facilitado;
– Possibilidade de delivery;
– Localização próxima;
– Atendimento rápido;
– Facilidade de pagamento;
– E outros serviços que facilitam suas vidas.

Leia também!

Como oferecer delivery de comida

Ideias e dicas para acompanhar essa tendência

➔ Analise seus processos e identifique pontos que podem melhorar em termos de agilidade. Se, por exemplo, o seu controle de caixa é feito manualmente, ao passar a utilizar um sistema automático você poderá aumentar a eficiência das operações de pagamento.

➔ Estude o seu cardápio atual e veja se as opções que você oferece atualmente atendem a demanda dos clientes por conveniência.

➔ Avalie como adaptar as opções do seu menu pensando nas pessoas que não têm muito tempo. O seu cliente do almoço na pizzaria, por exemplo, pode querer comprar algumas de suas pizzas em formato congelado para fazer em casa no jantar. Pense nisso!

➔ Além disso, pense em serviços que poderiam facilitar a vida das pessoas. O delivery é um deles, mas há outras opções. Você pode, por exemplo, oferecer a possibilidade de o cliente fazer o pedido por WhatsApp antecipadamente, definindo o horário para retirar o lanche no estabelecimento. Que tal?

Tendência #4 no setor de food service em 2020:
Maior demanda por transparência

Maior demanda por transparência – tendências food service 2020

Outro movimento que deve afetar a decisão de compra das pessoas na hora de escolher onde comer fora de casa em 2020 é a demanda por mais transparência sobre a procedência dos produtos, sobre os ingredientes e sobre as operações como um todo.

Na prática, isso significa que seus clientes estarão mais atentos a questões como, por exemplo:

– Qualidade e segurança dos alimentos;
– Qualidade de ingredientes, produtos e processos;
– Procedência dos ingredientes;
– Higiene, limpeza e segurança dos equipamentos e ambientes.

Sobre essa questão, o estudo Brasil Food Trends 2020 indica que para terem mais confiança sobre a qualidade do local de alimentação os consumidores analisam os seguintes fatores:

– Selos de qualidade e certificações apresentados nos cardápios e no ambiente.

– Comentários e avaliações de outros consumidores em mídias digitais.

Ideias e dicas para acompanhar essa tendência

➔ Ofereça o máximo de informações possíveis sobre os ingredientes utilizados na fabricação dos seus pratos. Muitas vezes, só o fato de saber que o local utiliza um ingrediente de uma marca que ele confia já é o suficiente para que o cliente se sinta mais seguro em relação à qualidade do estabelecimento.

➔ Deixe os documentos oficiais que atestam a segurança e a higiene do seu negócio bem visíveis.

➔ Você pode ainda contar com a ajuda dos seus clientes fiéis nesse processo. Como? Simples: peça para que eles deixem um comentário nas redes sociais atestando a qualidade dos seus pratos!

➔ Seja transparente sobre as operações do seu estabelecimento. Ou seja, disponibilize informações como: métodos de transporte e fornecedores parceiros. Isso dará mais confiabilidade ao seu negócio. Por exemplo: o Roldão tem muita credibilidade no mercado! Se o seu cliente sabe que somos seu parceirão, ele terá certeza da qualidade dos ingredientes utilizados em seu estabelecimento.

Próximos passos para usar as tendências do food service a seu favor

Conhecer as tendências é apenas o primeiro passo nesse processo de adequar seu estabelecimento às demandas dos consumidores.

Aqui vai uma sugestão do que você pode fazer na sequência:

1) Compartilhe essas descobertas com sua equipe;

2) Debatam o que abordamos aqui e definam o que vão fazer a partir disso alinhando as tendências para setor de food service em 2020 às características do seu negócio e ao perfil dos seus clientes;

3) Tenha em mente que esse processo não termina depois que você faz alguns ajustes no seu estabelecimento levando tudo isso em consideração. Aliás, ele não termina nunca. Portanto, faça reuniões periódicas com a sua equipe para analisar o que está dando certo e o que o está dando errado e nunca pare de pensar em formas de aprimorar seus processos e o que você oferece aos clientes. É isso que trará os resultados que você espera!

Esperamos que essas informações o ajudem a estar mais preparado para atender as demandas dos clientes em 2020 – e sempre!

Sucesso e boas vendas!

Imagens: Dan Gold - Unsplash; Danielle MacInnes  - Unsplash; Dolgachov- Envato Elements; Andrea Piacquadio - Pexels

Compartilhe:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

VEJA TAMBÉM

Cadastre-se e receba conteúdo exclusivo para você, sua casa ou seu negócio.

linkedin facebook pinterest youtube rss twitter instagram facebook-blank rss-blank linkedin-blank pinterest youtube twitter instagram