Como montar uma hamburgueria? Dicas do planejamento ao marketing

Se você quer saber como montar uma hamburgueria, antes de mais nada, precisa ter em mente que não basta uma ideia brilhante e dinheiro no bolso para fazer um negócio prosperar neste mercado. Além disso, é preciso entender (e levar em conta): 

– As tendências de consumo de hambúrgueres;
– Quais são os diferentes tipos de hambúrguer que você pode oferecer;
– Quais são os modelos de hamburgueria que você pode montar;
– Como montar uma hamburgueria baseando-se em um plano de negócios consistente;
– Quais são os investimentos necessários para montar uma hamburgueria;
– Como ações de marketing são importantes para diferenciar sua hamburgueria das demais.

E é sobre tudo isso que falamos neste artigo. Acompanhe!

Tendências de consumo que impactam o mercado de hamburguerias

Ficou para trás o tempo em que hambúrguer era sinônimo de lanche rápido, simples e sem muito “glamour”. Nos últimos anos, esse prato foi revolucionado pelo movimento gourmet e pela busca dos consumidores por opções de hambúrguer mais saudáveis e funcionais.

Inclusive, essas mudanças contribuíram para que o número de hamburguerias crescesse anualmente no Brasil. Para você ter uma ideia, segundo um levantamento realizado pela consultoria do Instituto Gastronomia, houve uma alta de 575% deste nicho alimentício na última década no país.

E para entender como montar uma hamburgueria de sucesso, é preciso conhecer a fundo esse mercado e as tendências de consumo em torno dele. Afinal, algumas mudanças no comportamento dos consumidores nos últimos anos vêm impactando diretamente a maneira como as hamburguerias atuam, os ingredientes que utilizam e até a forma como se comunicam com os clientes.

Entenda a seguir quais são essas tendências e leve-as em consideração na hora de fazer o planejamento para abrir sua hamburgueria.

👩‍🍳 Hamburgueria artesanal

Como montar uma hamburgueria artesanal

Um prato gourmet nada mais é do que um produto com ingredientes diferenciados, que aumentam seu valor agregado. Não se trata apenas de tornar o alimento “mais chique”, tem a ver com a forma como esse alimento é preparado e apresentado ao público.

Estas são as “regras” para que um prato seja considerado gourmet ou artesanal:

  • Os ingredientes precisam ser de alta qualidade – premium;
  • A preparação precisa ser artesanal;
  • O prato deve ter um diferencial em termos de sabores e acompanhamentos.

Não é à toa que os produtos gourmet custam mais caro, é porque eles demandam investimentos financeiros maiores para sua produção.

A boa notícia é que muitos consumidores estão dispostos a pagar mais por esses alimentos. Os hambúrgueres gourmet caíram no gosto dos brasileiros – especialmente com o crescimento dos food trucks nos últimos anos.

👉  Observação: ainda que o termo “gourmetização” tenha se deteriorado e até virado piada na internet, a onda de produtos com ingredientes premium e feitos artesanalmente continua muito forte!

💪 Alimentação saudável e funcional

Tendências de consumo – Alimentação saudável e funcional

Outra tendência importante e que impacta diretamente o mercado de hamburguerias é o aumento na busca por uma alimentação mais saudável e por opções que atendam restrições alimentares.

Nesse movimento, estão incluídas demandas como, por exemplo:

– Produtos menos processados e menos industrializados;
– Uso de ingredientes orgânicos;
– Maior transparência dos fabricantes e restaurantes sobre métodos de preparação;
– Maior consciência e preocupação com os ingredientes utilizados;
– Busca por opções funcionais – como, por exemplo, sem glúten, sem lactose, low carb etc.

Leia também!

Alimentação saudável: o que entra e o que não entra

🌱 Hamburgueria vegana/Hamburgueria vegetariana

hambúrguer vegetariano de lentilha

Outra questão que tem influenciado a escolha dos consumidores na hora da alimentação são seus valores e suas preocupações éticas em relação aos ingredientes utilizados. Nesse sentido, muitas pessoas têm optado, por exemplo, por eliminar da sua dieta produtos que tenham origem animal.

Para se ter uma ideia, o mercado vegano e vegetariano movimenta cerca de R$ 15 milhões por ano no Brasil.

No mercado de hamburgueria especificamente, essa tendência tem tido um grande impacto nos últimos anos, com o surgimento de diversos hambúrgueres feitos a partir de ingredientes vegetais. Até mesmo grandes redes – como, por exemplo, Burger King, McDonald’s e Outback – já oferecem opções vegetarianas e/ou veganas em seus cardápios.

Leia também!

Saiba como atender os desejos de veganos e vegetarianos em sua hamburgueria

🥗 Conveniência + saúde

Como montar uma hamburgueria – Tendência Conveniência + saúde

Cada vez mais as pessoas buscam conveniência e rapidez na hora de se alimentar. Inclusive, o relatório Brasil Food Trends 2020 indica que “conveniência e praticidade” estão entre as principais tendências na área de alimentação para este ano.

Segundo o levantamento, na hora de escolher onde comer, o consumidor irá determinar se o local é conveniente analisando os seguintes fatores:

– Acesso facilitado;
– Possibilidade de delivery;
– Localização próxima;
– Atendimento rápido;
– Facilidade de pagamento;
– E outros serviços que facilitam suas vidas. 

Mas, atenção!

É importante entender que essas tendências não vêm sozinha, sendo que outros movimentos (como os que citamos anteriormente) também impactam na decisão das pessoas.

Quando se trata de praticidade, por exemplo, os produtos fast food sempre tiveram uma vantagem nesse sentido. Contudo, com o aumento da demanda por alimentos saudáveis, esses lanches rápidos muitas vezes não são vistos com “bons olhos”.

Então, para atender às necessidades dos consumidores atuais, os serviços de alimentação precisam oferecer opções que sejam práticas e convenientes de consumir, mas que também utilizem ingredientes naturais, minimamente processados. 

Leia também!

Food service: as principais tendências do setor em 2020 

Como analisar essas tendências na hora de planejar como montar sua hamburgueria

🍔✨  Se você quer se destacar no mercado de hamburguerias, precisa levar em consideração que os clientes estão dispostos a pagar mais por produtos premium e que utilizem ingredientes e processos mais naturais e menos industrializados.

🥦  Além disso, uma grande parcela da população busca alternativas aos tradicionais hambúrgueres de carne. Por isso, oferecer opções sem ingredientes de origem animal e/ou direcionadas às dietas funcionais (sem glúten, sem lactose, low carb) pode ser uma forma de se diferenciar.

⏱  Por fim, é importante entender que, mesmo com todas essas mudanças, os clientes continuam associando hambúrguer à conveniência e rapidez. Sendo assim, ainda que ofereça experiências diferenciadas, uma hamburgueria precisa ser ágil no atendimento.

Tipos de hambúrguer que você pode oferecer na sua hamburgueria

Os hambúrgueres podem ser adaptados de diferentes maneiras, utilizando diversas variações de pães, queijos e outros acompanhamentos. Entenda no infográfico abaixo quais são as principais diferenças em relação ao tamanho da carne, ao método de preparo e ao formato de montagem do lanche. 

Leia também!

Como preparar o hambúrguer perfeito em casa

Modelos de hamburgueria

Os modelos de hamburgueria variam de acordo com o processo de venda e entrega dos produtos. Estes são os modelos de hamburgueria em que você pode investir:

  • Hamburgueria à la carte – Este é o modelo de hamburgueria mais tradicional. Nele, o cliente escolhe o hambúrguer a partir do cardápio desenvolvido pela equipe da hamburgueria. Além disso, o empreendedor e seu time são responsáveis por tudo dentro do negócio – do desenvolvimento do projeto à operação;
  • Franquias de hamburguerias – Neste modelo de hamburgueria, a franqueadora define os processos de gestão, o cardápio e até mesmo o layout da loja, e o franqueado precisa seguir essas definições. Portanto, pode ser um caminho interessante para aqueles que querem montar uma hamburgueria, mas gostam de ter algumas linhas pré-definidas de atuação;
  • Food truckNeste modelo de hamburgueria, toda a operação é feita dentro de um food truck. Ou seja, em furgões, carrinhos e barracas desmontáveis. Empreendedores que desejam montar uma hamburgueria food truck precisam verificar como é a legislação de sua cidade quanto a isso (a lei de São Paulo sobre o assunto está aqui). Afinal, não dá para estacionar seu food truck em qualquer lugar, nem sempre é possível montar mesas para os clientes desse modelo de hamburgueria, e assim por diante;
  • Hamburgueria delivery – A principal característica deste negócio é trabalhar apenas com o sistema de entrega em domicílio. Portanto, antes de montar uma hamburgueria delivery é importante definir quais serão seus canais de venda (telefone, site, aplicativos de delivery, WhatsApp etc.), como serão feitas as entregas (por profissionais e veículos próprios ou por entregadores de terceiros – por meio de aplicativos) e em quais embalagens seus produtos serão armazenados, já que eles precisam resistir ao transporte para garantir uma boa experiência ao cliente.

Leia também!

E-commerce: dicas para oferecer serviços de comida no ambiente online 

Como montar uma hamburgueria baseando-se em um plano de negócio consistente

Como montar uma hamburgueria baseando-se em um plano de negócio consistente

Para desenvolver um planejamento adequado para abrir um negócio, é importante analisar o mercado como um todo, seus concorrentes diretos, entender as preferências dos consumidores e também ter claro os diferenciais do estabelecimento que deseja abrir.

O plano de negócio de quem está pensando sobre como montar uma hamburgueria, por exemplo, precisa levar em consideração os seguintes fatores:

🕵️‍♂️  Concorrentes na região

– Quais são as hamburguerias que já atuam na região em que você pretende abrir o seu negócio?
– Quais tipos de hambúrgueres e sabores elas oferecem aos clientes?
– Os concorrentes estão alinhados às tendências de mercado?
– Quais são as hamburguerias de maior sucesso na região?
– O que elas têm como diferencial e atrativo? 

Depois de levantar essas informações, você terá uma visão mais clara sobre o mercado em que deseja abrir sua hamburgueria.

📈  Preferências dos consumidores

– Quais são os hambúrgueres mais populares nas hamburguerias da sua região?
– Analisando sites, aplicativos e outras plataformas online, a que se referem os elogios deixados pelos consumidores sobre as hamburguerias da sua localidade? E quais são as reclamações mais comuns?
– Existe alguma pesquisa que indique tipos e sabores de hambúrgueres mais consumidos na sua região? 

Fazer esse estudo vai ajudá-lo a entender melhor as preferências dos consumidores em relação aos hambúrgueres e aos estabelecimentos que oferecem esse lanche.

🍔  Tipos de hambúrguer e ingredientes com os quais irá trabalhar

– Quais são os tipos de hambúrguer que a sua hamburgueria oferecerá?
– Quais serão os sabores disponíveis em seu cardápio?
– Sua hamburgueria vai oferecer só sabores clássicos ou pensa em criar sabores próprios?
– Quais são suas exigências mínimas em relação aos ingredientes? Serão todos orgânicos?
– Há possibilidade de criar um menu vegetariano ou vegano? 

É importante estabelecer de antemão essas questões inclusive para poder direcionar suas compras e seu orçamento.

Leia também!

Gestão de compras: dicas para fazer compras eficientes em fornecedores de alimentos

🍟  Modelo de hamburgueria

– Você vai trabalhar só com um modelo de venda ou pensa em combinar alguns tipos? Por exemplo: vai oferecer lanche à la carte, mas com opção de delivery também?
– Quais serão os canais para pedido?
– Como serão feitas as entregas (por entregadores de terceiros – por meio de aplicativos – ou com profissionais e veículos próprios)? 

Entender como você irá estabelecer seus processos de venda é fundamental para poder criar um planejamento realmente completo e eficiente.

Leia também!

Como oferecer delivery de comida

🎯  Diferenciais da hamburgueria

– Quais serão os diferenciais da sua hamburgueria em termos de serviços?
– E no que se refere aos tipos de hambúrguer ou aos sabores, como seu negócio vai se destacar dos concorrentes?
– Você pretende utilizar algum ingrediente especial ou desenvolver sabores exclusivos?
– Como esses diferenciais podem ser comunicados? 

Saiba mais!

Abaixo, listamos alguns recursos e materiais que vão ajudá-lo na hora de reunir as informações acima e criar seu planejamento sobre como montar uma hamburgueria.

Investimentos necessários para montar uma hamburgueria

Investimentos necessários para montar uma hamburgueria

Uma das primeiras perguntas que vem à mente de quem pensa em abrir uma hamburgueria é: “Quanto vou gastar?” ou “Quanto capital preciso?”.

A resposta para essa questão varia de acordo com o modelo de hamburgueria que você escolher abrir e com os ingredientes que irá utilizar.

Contudo, existem alguns gastos básicos para os quais seu caixa precisa estar preparado – especialmente no que se refere à estrutura, aos equipamentos e ao pessoal.

Entenda mais a seguir!

Estrutura necessária para montar uma hamburgueria

  • Cozinha: ambiente para produção das refeições, que deve utilizar 20% do espaço total.
  • Escritório administrativo: o espaço varia de acordo com sua estrutura.
  • Estoque: área para acondicionar alimentos.
  • Salão de refeições: destinado aos clientes, o salão de refeições deve ser o ambiente mais nobre da hamburgueria, precisa ser amplo, de fácil acesso e deve corresponder aproximadamente a 50% da área total.
  • Banheiros: pequeno espaço dividido em dois banheiros.
  • A decoração deve ser agradável, o layout funcional, a iluminação adequada e a climatização suficiente para proporcionar sensação de conforto.

Caso opte por ter uma hamburgueria delivery, não há necessidade de ter espaço para banheiro e salão de refeições. Porém, a oferecer o serviço de entrega, precisa também adquirir veículos para a realização da entrega em domicílio ou separar uma verba para terceirizar as entregas. Então, leve isso em conta no seu planejamento.

Equipamentos para montar uma hamburgueria

Equipamentos para a cozinha

  • Utensílios: talheres em geral, panelas, travessas, bowls, potes e tábuas de corte;
  • Eletrodomésticos e outros equipamentos: fogão, liquidificador, mixer, geladeira, espremedor de suco, fritadeira, chapa, moedor de carne, coifas, grill, exaustores e char broiler (grelha que funciona a gás e imita uma churrasqueira americana);
  • Mobiliário: mesas de preparo, ilhas refrigeradas, balcões com cuba e prateleiras.

Equipamentos para o salão

  • Utensílios: talheres em geral, copos para diferentes tipos de bebidas, taças variadas, canecas, pratos e bandejas;
  • Eletrodomésticos: refrigerador, máquina de gelo, chopeira, expositor de bebidas;
  • Mobiliário: mesas, cadeiras, balcões, banquetas, pufes e sofás.

Equipamentos para o depósito

  • Mobiliário: prateleiras e armários;
  • Eletrodomésticos: geladeiras, freezer, refrigerador e, se for o caso, câmara fria.

Profissionais fundamentais para o funcionamento de uma hamburgueria: 

  • Chef: o responsável pelo desenvolvimento das receitas, pela administração da cozinha e pela gestão da produção dos hambúrgueres;
  • Chapeiro: responsável pelo cozimento das carnes e montagem final do sanduíche;
  • Expedição: responsável por receber os pedidos (do caixa ou do garçom) e organizar a saída dos produtos para o garçom ou diretamente para o cliente;
  • Caixa: responsável pelo fechamento das contas dos clientes;
  • Administrativo/estoque: responsável pelas atividades administrativas;
  • Auxiliar de cozinha: responsável pelo apoio ao chef de cozinha;
  • Garçom: responsável pelo atendimento ao cliente;
  • Auxiliar de limpeza: responsável pela limpeza do local;
  • Entregadores: para realizar o delivery.

Outros gastos relevantes:

– Fornecedores de alimentos;
– Fornecedores de embalagens;
– Serviços legais; fiscais; de marketing.

Dicas para destacar sua hamburgueria da concorrência

Dicas para destacar sua hamburgueria da concorrência

Depois de entender como montar uma hamburgueria, você precisa começar a pensar sobre como irá posicionar seu negócio no mercado.

Para ajudá-lo nesse sentido, listamos a seguir algumas ações que você precisa planejar ao abrir uma hamburgueria para garantir que ela fique em evidência e atraia os consumidores.

1) Siga as tendências de consumo

No início deste artigo, listamos as principais tendências de consumo que influenciam o mercado de hamburguerias e a decisão dos consumidores. Avalie-as e veja quais você pode aplicar em seu plano de negócio.

Oferecer produtos e serviços alinhados às demandas dos consumidores ajuda a posicionar a marca da sua hamburgueria de maneira estratégica – e isso é ainda mais importante para novos negócios que buscam conquistar clientes.

2) Atue nas redes sociais e tenha uma presença online forte

As pessoas passam uma boa parte dos seus dias conectadas à internet – e em uma grande parcela desse tempo elas estão nas redes sociais ou em aplicativos de mensagem.

Então, se quer atingir um bom público, a sua hamburgueria precisa estar nestes canais. Além de oferecer informações sobre seus produtos e serviços, utilize essas plataformas para se comunicar diretamente com os clientes e, assim, conhecê-los melhor.

Leia também!

5 dicas de marketing nas redes sociais para restaurantes e bares

3) Comunique seus diferenciais e seja transparente

Como comentamos, os consumidores estão cada vez mais conscientes em relação a suas escolhas. Consequentemente, eles estão mais atentos às informações oferecidas pelas marcas e também mais exigentes no que se refere à transparência das empresas em relação aos processos e ingredientes utilizados.

Por isso, é crucial que sua hamburgueria seja totalmente transparente em relação aos ingredientes utilizados e aos métodos de preparação. Além de agradar consumidores mais preocupados com o que consomem, esse posicionamento ajudará a dar mais credibilidade para a marca e, assim, atrair mais clientes.

4) Invista em boas embalagens

Embalagens de qualidade são fundamentais por vários motivos:

🍱  Garantia de qualidade dos alimentos. A função primordial das embalagens é proteger e conservar os alimentos, garantindo que eles tenham alta qualidade e salubridade quando chegarem ao consumidor final.

🌯  Promoção de uma experiência positiva ao cliente. Uma embalagem adequada faz com que, quando o cliente tenha contato com o alimento, ele tenha uma experiência positiva, que os itens estejam organizados, com um visual adequado e sejam fáceis de consumir.

🥡  Fortalecimento da credibilidade da empresa. Quando a empresa oferece embalagens de qualidade, que garantem segurança alimentar e uma boa experiência, isso fortalece a imagem da marca e influencia positivamente a percepção do cliente.

🍟  Ferramenta de marketing. A embalagem também pode ser utilizada como ferramenta de marketing e branding, já que pode trazer a identidade visual da empresa e também ter elementos alinhados aos valores do negócio, tais como sustentabilidade e inovação.

Portanto, se você quer destacar sua hamburgueria da concorrência, precisa investir em boas embalagens. Precisa de ajuda para isso? Leia estes dois artigos:

No vídeo abaixo, você confere outras dicas interessantes sobre como montar uma hamburgueria de sucesso. Assista!

Viu só quantas informações importantes para ajudá-lo a montar uma hamburgueria? 

Use essas dicas para orientar seu planejamento e, assim, tenha muito mais chances de sucesso e de muitas vendas nessa sua nova empreitada!

Ah, e não esqueça que o Roldão é o seu parceirão de bons negócios. Então, enquanto estiver planejando a abertura do seu negócio, e também depois que ele estiver aberto, passe em nossas lojas (clique aqui para saber onde fica a mais perto de você!) e abasteça seu estoque. Os melhores produtos, com os melhores preços, você encontra no Roldão Atacadista.

Sucesso!

Imagens: Envato Elements

Compartilhe:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

VEJA TAMBÉM

Cadastre-se e receba conteúdo exclusivo para você, sua casa ou seu negócio.

linkedin facebook pinterest youtube rss twitter instagram facebook-blank rss-blank linkedin-blank pinterest youtube twitter instagram